top of page

Do congelador à prateleira: Como as etiquetas de baixa temperatura garantem a qualidade dos produtos

A etiqueta é um elemento essencial para qualquer produto, seja ele industrializado ou artesanal. Ela é responsável por fornecer ao consumidor informações importantes, como o nome do produto, o fabricante, a data de validade, os ingredientes e as instruções de uso.


No entanto, quando falamos de produtos que são armazenados em baixas temperaturas, como alimentos congelados e refrigerados, as etiquetas precisam ter características especiais para garantir a sua durabilidade e a integridade das informações.


É aí que entram as etiquetas de baixa temperatura. Feitas com materiais resistentes à água, umidade, atrito e frio, elas permitem que os produtos sejam identificados e rastreados durante todo o seu ciclo de vida, desde a produção até o consumo.


Como as etiquetas de baixa temperatura garantem a qualidade dos produtos

As etiquetas de baixa temperatura são importantes para garantir a qualidade dos produtos de várias maneiras. Em primeiro lugar, elas permitem que os produtos sejam identificados e rastreados com precisão. Isso é essencial para garantir a segurança alimentar, pois permite que os fabricantes e distribuidores identifiquem e retirem do mercado produtos que estejam contaminados ou fora da validade.


Além disso, as etiquetas de baixa temperatura ajudam a proteger as informações importantes sobre os produtos. Em ambientes de baixa temperatura, as informações impressas em etiquetas comuns podem desbotar ou desaparecer com o tempo. As etiquetas de baixa temperatura são resistentes a esses efeitos, o que garante que as informações sobre os produtos estejam sempre visíveis e legíveis.

Por fim, as etiquetas de baixa temperatura podem ser usadas para transmitir mensagens de marketing e branding. Elas podem ser usadas para destacar os benefícios dos produtos, chamar a atenção dos consumidores e promover a marca do fabricante.

Etiqueta para baixa temperatura
Etiqueta para baixa temperatura aplicada em produto resfriado.

Tipos de etiquetas de baixa temperatura

Existem vários tipos de etiquetas de baixa temperatura, cada um com suas próprias características e aplicações específicas. Os materiais mais comuns para a fabricação de etiquetas de baixa temperatura são o polipropileno (PP), o polietileno tereftalato (PET) e o poliéster (PE).


As etiquetas de PP são as mais resistentes à água e umidade, mas são menos resistentes ao atrito. As etiquetas de PET são mais resistentes ao atrito, mas são menos resistentes à água e umidade. As etiquetas de PE são uma boa opção para produtos que precisam ser armazenados em temperaturas muito baixas, como -80 °C.


Como escolher a etiqueta de baixa temperatura ideal

A escolha da etiqueta de baixa temperatura ideal depende de vários fatores, como o tipo de produto, o ambiente de armazenamento e as necessidades de identificação e rastreamento.


Para produtos que precisam ser armazenados em baixas temperaturas, é importante escolher uma etiqueta feita com material resistente ao frio. Para produtos que estão sujeitos a atrito, é importante escolher uma etiqueta com material resistente a esse efeito.


Também é importante levar em consideração as necessidades de identificação e rastreamento do produto. Se o produto precisa ser identificado com precisão, é importante escolher uma etiqueta com alta qualidade de impressão

bottom of page