top of page

Como a etiqueta para criogenia resiste a temperaturas agressivas

Quando se trata de armazenamento de materiais a temperaturas ultra baixas, a etiqueta para criogenia desempenha um papel crucial. Essas etiquetas são projetadas para suportar condições extremas de temperatura, garantindo que informações importantes permaneçam legíveis e que os itens possam ser rastreados com precisão. Vamos explorar como essas etiquetas resistem às temperaturas agressivas e por que são essenciais para aplicações de criogenia.


O Que é etiqueta para criogenia e por que é importante?

A etiqueta para criogenia é um tipo especial de etiqueta projetada para suportar temperaturas tão baixas quanto -196°C (-321°F), encontradas em ambientes de armazenamento criogênico. Essas etiquetas são comumente usadas em laboratórios, bancos de sangue, instalações de pesquisa e indústrias que lidam com amostras biológicas, materiais genéticos e outros itens sensíveis que requerem armazenamento em temperaturas ultra baixas.


A importância das etiquetas para criogenia reside na necessidade de rastrear e identificar com precisão os materiais armazenados. Informações como data de coleta, tipo de amostra, código de barras e outras especificações são essenciais para garantir a integridade e a rastreabilidade dos materiais ao longo do tempo.


Materiais e Tecnologias Utilizadas na Fabricação

As etiquetas para criogenia são fabricadas com materiais resistentes que podem suportar temperaturas extremamente baixas sem perder sua integridade ou legibilidade. Entre os materiais comumente usados estão o polipropileno, o polietileno e o poliéster, que possuem baixa temperatura de transição vítrea, o que significa que permanecem flexíveis e não quebradiços mesmo em temperaturas muito baixas.


Além dos materiais, as etiquetas para criogenia também fazem uso de adesivos especiais que são formulados para aderir a uma variedade de superfícies, mesmo em condições de frio extremo. Esses adesivos são projetados para resistir à condensação, à umidade e a mudanças de temperatura, garantindo que as etiquetas permaneçam firmemente fixadas aos recipientes de armazenamento.


Tecnologias de Impressão e Resistência Térmica

A impressão das informações nas etiquetas para criogenia também desempenha um papel crucial em sua capacidade de resistir a temperaturas agressivas. As tecnologias de impressão utilizadas, como a impressão por transferência térmica, permitem que as informações sejam impressas de forma durável e legível, mesmo em condições extremas de temperatura.


Além disso, algumas etiquetas para criogenia são projetadas com revestimentos especiais que protegem a impressão contra desbotamento, borrões ou danos causados por exposição prolongada a temperaturas criogênicas. Esses revestimentos ajudam a garantir que as informações permaneçam claras e legíveis ao longo do tempo, mesmo em ambientes de armazenamento desafiadores.


Etiqueta para criogenia é amplamente utilizada em laboratórios.

Conclusão

Em resumo, a etiqueta para criogenia desempenha um papel fundamental no armazenamento seguro e na rastreabilidade de materiais em temperaturas ultra baixas. Graças aos materiais resistentes, tecnologias de impressão avançadas e adesivos especializados, essas etiquetas são capazes de resistir a condições extremas de temperatura sem comprometer a integridade das informações. Ao garantir que as etiquetas permaneçam legíveis e firmemente fixadas, asseguramos a segurança e a qualidade dos materiais armazenados em ambientes criogênicos.

Comments


bottom of page