OS TIPOS DE ETIQUETAS E SUA IMPORTÂNCIA PARA AS EMBALAGENS

Existem vários tipos de etiqueta e, embora todas sejam fundamentais para que empresas e indústrias possam comercializar seus produtos de forma mais estratégica, cada uma possui um melhor tipo de aplicação.


Desta forma, conhecer quais as etiquetas certas para cada tipo de embalagem são essenciais para ter sucesso no mercado.


Pensando, hoje vamos explicar justamente sobre esse assunto, apresentando os tipos de etiqueta e como definir qual o ideal para o seu produto. Se interessou? Então, acompanhe a leitura!


A importância das etiquetas


As etiquetas são elementos obrigatórios para comercialização de produtos. Nelas, devem constar informações como os dados da empresa que o produziu bem como as suas especificações técnicas. Alimentos, por exemplo, devem apresentar tabela nutricional, validade etc.


Além disso, é importante destacar que, dependendo das legislações locais, existem outros tópicos a serem adicionados.


No entanto, comunicar de forma clara os detalhes dos produtos não é a única função das etiquetas. Números mostram, por exemplo, que cerca de 70% dos consumidores tomam a decisão apenas na hora de concluir a compra.


Isso significa que uma embalagem bonita e chamativa pode ser um elemento definitivo para atrair a atenção de clientes em potencial e se diferenciar dos demais. Por isso, esse item deve ser muito bem planejado pela empresa.


Quais são os tipos de etiqueta?


Diferentemente do que as pessoas possam pensar em um primeiro momento, o mercado de etiquetas é bem complexo e apresenta boas novidades para as empresas.


Existem uma série de tipos de produtos a qual pode ser aplicado a etiqueta, como as embalagens blister, embalagens de papelão, produtos entre outros. Ou seja, cada um tem suas especificações típicas e formas de utilização. Pensar nessa questão com atenção é fundamental para fazer seu produto ser notado em meio aos vários competidores.



Nesse contexto, existem cinco tipos de etiqueta que se destacam. São elas:


Etiquetas em papel

As etiquetas de papel são alguns dos modelos mais comuns, justamente por serem mais baratas em comparação com as concorrentes e de fácil aplicação.


Além disso, existe uma ampla gama de produtos nos quais elas podem ser utilizadas. Outro ponto interessante é que as etiquetas em papel podem ser impressas em uma impressora comum, o que facilita bastante para quem precisa em menor escala.


Uma de suas características deste modelo é seu potencial de personalização, aceitando vários formatos. Entretanto, mesmo sendo consideravelmente resistentes, elas são suscetíveis a danos físicos.


Etiquetas térmicas

Esse tipo é mais comum no varejo. Elas se caracterizam por serem impressas em um material sensível ao calor e altas temperaturas.


Assim, quando expostas a estes cenários, revelam detalhes que antes estavam ocultos.


Desta forma, esse tipo de embalagem acaba tendo uma curta vida útil. No entanto, podem trazer bons resultados em ações pontuais.


Etiquetas removíveis

Esse tipo de etiqueta se destaca por poder ser reaproveitada. São bastante comuns em contextos industriais. Seu uso pode representar uma redução de custo para quem as utiliza.


Etiquetas TAG

As TAGs são outro tipo de etiquetas bem comuns. Diferentes das outras, elas são externas ao item, normalmente ficando penduradas no produto.


Esse tipo é bastante utilizado na indústria têxtil e de confecção em geral.


Etiquetas em plástico

Nem sempre o papel será a solução ideal para as etiquetas. Por isso, as de plásticos têm grande importância nesse mercado.


Elas são consideravelmente mais resistentes e duráveis que as demais. Além disso, são capazes, também, de suportar mais danos físicos que as outras apresentadas aqui.


Com essas características, é natural que elas acabem por ser um pouco mais caras que as de papel. Entretanto, podem ser um bom investimento para quem busca uma qualidade.


Como escolher o ideal

Não existe uma resposta correta para isso. O tipo de etiqueta certo e com mais potencial positivo é o que mais se adequa ao seu negócio e ao tipo de produto que você está comercializando.


Como apresentamos aqui, existem determinados nichos que preferem determinados tipos de etiquetas, como as TAGs na indústria têxtil.


Entretanto, é de suma importância destacar que a embalagem do produto é tão importante quanto a etiqueta e a impressão, para que o produto fique personalizado e identificado. Ou seja, você deve pensar de como esses elementos vão “se relacionar” para atrair a atenção dos consumidores.


Atualmente, uma opção versátil e resistente de embalagens que tem ganhado destaque no mercado são as de blister, um tipo de plástico que permite a visualização do produto. Muitos setores, inclusive, já têm feito a transição para este tipo de embalagem.


Por isso, para fazer as escolhas certas, o ideal é alinhar embalagens de qualidade com etiquetas que vão agregar valor ao seu produto, independentemente do seu nicho de atuação e o item apresentado.


Teclabel. Especialistas em Etiquetas Adesivas.