ETIQUETA PARA CRIOGENIA: O QUE É, IMPORTÂNCIA E VANTAGENS

Quando falamos de etiqueta para baixa temperatura, é comum vir à mente aquelas fixadas na indústria de alimentos, certo? Na área hospitalar, essa mesma etiqueta é chamada de etiqueta para criogenia, extremamente importante é a área de hospitais, laboratórios e clínicas de reprodução. Isso porque, na criogenia são estudadas tecnologias em ambientes de temperaturas extremamente baixas, abaixo de -150 °C, além do comportamento de materiais quando submetidos a essas temperaturas. Sendo assim, segmentos tão importantes quanto esses, exigem que os materiais utilizados também tenham boa qualidade, certo? Então, se você se interessou e quer saber mais sobre a importância da etiqueta para baixa temperatura nessas áreas, continue lendo o post de hoje!

Etiquetas para criogenia aplicadas em tubos de ensaio. Elas podem resistir até -200°C.

O QUE É E PARA QUE SERVE A ETIQUETA PARA CRIOGENIA?

A etiqueta para criogenia funciona como uma etiqueta comum, ou seja, ajuda na identificação de produtos. Contudo, seu diferencial é que, como o próprio nome diz, ela é indicada para temperaturas mais baixas, visto que possui maior resistência e mantém as informações conservadas, sendo utilizada em alimentos congelados e produtos hospitalares, como bolsas de sangue, tubos de ensaio, criogenia, rack de sêmen, etc. Isso porque, para sua confecção são utilizados materiais específicos, como bopp, nylon ou couchê, além da cola do tipo borracha para manter sua fixação mesmo em baixas temperaturas.

Entenda abaixo um pouco melhor sobre a aplicação da etiqueta para criogenia nas áreas hospitalares:


Bolsas de sangue

Ainda que seja fabricada em PVC plastificado, a etiqueta para criogenia adere muito bem a esse tipo de material, sendo essencial para inserir info